SRZD


07/05/2010 15h54

Policiais liberam rua próxima a colégio com suspeita de bomba
Redação SRZD

Policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) descartaram a possibilidade de haver uma bomba em um extintor no colégio Madre Cabrini, na zona sul de São Paulo, na tarde desta sexta-feira.

De acordo com a polícia, o artefato estava abandonado entre os carros dos professores na rua Madre Cabrini. O extintor foi encontrado por volta das 11h30 e a rua ficou bloqueada para evitar riscos de explosão. Uma funcionária do colégio informou que a escola não foi esvaziada e os alunos assistiram às aulas normalmente.



Comentários
  • Avatar
    10/05/2010 19:21:47cristianeAnônimo

    a suposta bomba estava na rua madre cabrini, e não dentro do colégio. quando a notícia foi ,para a internet e tv os pais dos alunos foram para o colégio apavorados. é preciso tomar muito cuidado com as notícias divulgadas.acho que nem era bomba mesmo.

  • Avatar
    10/05/2010 19:21:38cristiane RAMOSAnônimo

    a suposta bomba estava na rua madre cabrini, e não dentro do colégio. quando a notícia foi ,para a internet e tv os pais dos alunos foram para o colégio apavorados. é preciso tomar muito cuidado com as notícias divulgadas.acho que nem era bomba mesmo.

  • Avatar
    08/05/2010 22:10:25Celia BarbosaMembro SRZD desde 30/05/2009

    Este negócio suspeita de bomba em colégio, não é assunto novo! Quando eu fazia estudava, secretariado no Colégio Estadual amaro Cavalcanti, no Largo do Machado, há muito tempo, pelo menos de 2/2 meses, tinha ameaça de bomba. Professores, alunos e funcionários tinham que sair às pressas de dentro do colégio, para que a polícia constatasse que não tinha bomba nenhuma, para retornarmos ao que antes estámos fazendo.

  • Avatar
    07/05/2010 18:01:32CarlaAnônimo

    A afirmacao de Mundaniano esta equivocada. Qualquer objeto suspeito deve ser levado em conta.

  • Avatar
    07/05/2010 16:38:02MundanianoAnônimo

    Essa informação esta equivocada o extintor de incêndio (suposta bomba) estava atras de um carro pequeno e não estava no estacionamento do colégio Madre Cabrini estava na Frente do Colégio I.L. Peretz, a CET, a Policia Militar e seguranças particulares da escola e provavelmente de alunos estavam nas ruas Madre Cabrini e Domingos de Morais, inclusive a rua Madre Cabrini foi interditada. O extintor estava jogado no chão e perto estava uma bolsa velha. Não parecia nenhuma bomba, mas o GATE (Esquadrão anti-bombas foi acionado. Resumindo, não parecia nenhuma bomba, pq eu estava passando nessa rua e vi a situação, no mínimo sensacionalista e desproporcional.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.