SRZD


29/04/2010 19h15

Esperança para o tratamento de pacientes com câncer de próstata
Redação SRZD

Foi aprovada pelo órgão que controla drogas e alimentos nos Estados Unidos, uma vacina para tratar câncer de próstata em casos avançados. O medicamento Provenge, é uma nova opção para pacientes com poucas chances de controle do mal.

Diferente das vacinas tradicionais que previnem doenças, já a Provenge ataca o câncer de próstata estimulando o sistema imune do corpo doente para que lute com as células malignas. Nesse caso, são retirados glóbulos brancos do paciente e eles são tratados em laboratório com uma proteína geneticamente modificada para torná-los mais potentes contra o tumor. Depois são reintroduzidos no sangue.

Segundo pesquisadores, na investigação clínica em fase 3 (IMPACT) com a vacina, na qual participaram 512 homens com a doença, ela reduziu o risco de mortalidade em 22,5% em comparação com um placebo, remédio sem efeitos, e a sobrevida foi prolongada em quatro meses, em média. Na opinião de médicos americanos trata-se de um grande passo no tratamento do câncer de próstata porque é a primeira terapia deste tipo a ser aprovada. A vacina será testada primeiramente em 50 hospitais e clínicas nos Estados Unidos.


Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.