SRZD


29/07/2009 00h55

Ala das Baianas agora é quesito
Isaac Ismar

Alas das Baianas agora é quesito. Foto: Henrique Matos Os dirigentes da Associação das Escolas de Samba da Cidade do Rio de Janeiro (Aescrj) e das agremiações dos Grupos Rio de Janeiro 1 e 2 (antigos grupos B e C) decidiram em plenária, nesta semana, por mudanças nos seus regulamentos. A maior novidade é a criação do quesito Ala das Baianas. A partir de 2010, as senhoras que desfilam na ala das baianas serão avaliadas, com pontuação variando de 5,0 a 10. Homens também poderão desfilar na ala das baianas.

De acordo com Walter Teixeira, presidente da Associação, na década de 1980, o quesito Ala das Baianas fez parte do carnaval do Grupo de Acesso.

- A volta desse quesito é uma valorização para as baianas. É uma forma de fazer com que elas se sintam parte da escola. O jurado avaliará a dança, a coreografia e o canto. Homens podem fazer parte da ala das baianas, desde que se sintam à vontade - contou Walter.

Não há limite para a quantidade de baianas nas escolas, mas o mínimo no Rio de Janeiro 1 (Grupo B) passou de 30 para 40. No Rio de Janeiro 2, as escolas devem desfilar com pelo menos 30 baianas.

Outra informação importante também é relacionada à mudança no regulamento. No ano que vem, os casais de mestre-sala e porta-bandeira dos Grupos Rio de Janeiro 1 e 2 serão avaliados com notas de 5,0 a 7,0. Portanto, o 10 não é mais nota máxima para o quesito Mestre-sala e Porta-bandeira.

- Por ser apenas um par, os dirigentes entenderam que não era justo o quesito ganhar o 10 como nota máxima. Era muita responsabilidade para os casais, comparando com o restante da escola - explicou o presidente da Associação, que completou: - Essa reunião da diretoria teve como finalidade dar uma sacudida no carnaval dos grupos de acesso.

Assim como no Grupo de Acesso A, as agremiações do Rio de Janeiro 1 e 2 decidiram suspender os carros acoplados em 2010. Os tripés serão permitidos, porém, as escolas só poderão desfilar com no máximo cinco, sem destaques.

- Os maiores problemas na Avenida aconteciam por causa dos acoplamentos, tanto na hora dos desfiles, como na concentração e dispersão. Essa suspensão também evitará gastos desnecessários das escolas - afirmou Walter.

É possível que nos próximos dias os demais grupos da Associação, antigos grupos D e E, também aprovem mudanças nos seus regulamentos de desfile.


Comentários
  • Avatar
    01/08/2009 15:48:51AntenadoMembro SRZD desde 16/04/2009

    Esses caras gostam de inventar. A ala das baianas é hors-concours, não merece ficar à mercê da maluquice de alguns jurados. A nota delas será sempre dez. Não tem sentido esse julgamento.

  • Avatar
    29/07/2009 23:33:11JamelãoMembro SRZD desde 29/07/2009

    Concordo com Flávio em parte, não conorde quando ele fala que oderá homens sair como baianas.

  • Avatar
    29/07/2009 22:40:24Márcio CarvalhoMembro SRZD desde 29/07/2009

    Concordo com o Flávio. Acho interessante estimular baianas e baianinhas juntas, tudo em família. Mas se a ala já é avaliada, como todas as outras, nos quesitos evolução, harmonia e fantasia, não vejo porque ser um quesito em separado, apesar de achar importante que se mantenha como ala obrigatória. ´No mais, embora já tenha sido uma prática comum, é descabido no contexto atual se permitir homens na ala de baianas. Viva as tradicionais baianas!!!

  • Avatar
    29/07/2009 22:06:21João Wanzeler de Oliveira FilhoMembro SRZD desde 08/04/2009

    Sinceramente, o carnaval está cada vez mais sem o devido sentido, do que realmente representa para nós, é nossa cultura, que está sendo jogada de um lado prá outro, por pessoas que não têm o menor conhecimento do passado, tão brilhante, do que hoje chamam do maior espetáculo da terra, se bem me lembro, no início de tudo eram as senhoras baianas, com suas roupas e crendices que faziam o samba acontecer (a presença das chamadas "tias" baianas foi da maior importância, sob qualquer ângulo que se estude a questão). Como guardiãs da cultura popular que elas mesmas transportaram de Salvador para o Rio de Janeiro e como transmissoras dessa mesma cultura para seus descendentes e para os que delas se aproximaram na nova terra; não sou preconceituoso, mas esse andamento já é julgado e muito, não só pelos julgadores, mas também pelo regulamento, em que é exigido um número mínimo de componentes e quanto a homens virem fazendo parte dessa ala, vai tirar o brilhantismo e a graciosidade dessas senhoras no desenvolvimento e rodopiar que elas fazem durante o desfile. No início homens vinham vestidos de mulher, (e armados com navalha) mas no sentido de proteção, tanto das baianas quanto daqueles que estavam carregando o pavilhão da agremiação, nos dias de hoje, não tem nada a ver, esse tipo de apelação.

  • Avatar
    29/07/2009 21:15:36AMANTE DO CARNAVALMembro SRZD desde 13/05/2009

    rsrsrsrsrsr, sacanagem nao ????? homens na ala das baianas , fala sério. gostaria de saber o q vai ser julgado???? estas senhoras divinas estão acima disso, são as mães do samba, nunca tendo o valor devido em suas agremiações. pobre senhoras, que além de carregar aquelas fantasias super pesadas, agora terão que ser submetidas a julgamento. ainda bem q a era walter está nos finalmente.

  • Avatar
    29/07/2009 20:39:59FÁBIO SANDEMembro SRZD desde 02/05/2009

    ISSO É PIADA???????????????????????????? TEM MUITO LUGAR PRA HOMEN DESFILAR NÉ??? PELO AMOR DE DEUS...DEIXA A ALA DAS BAIANAS PRAS ELAS!!!!!! E VIRAR QUESITO?????????????????? NEM PENSAR...ELAS COITADAS EM ALGUMAS ESCOLAS NÃO SÃO TRATADAS COM RESPEITO... TEM QUE CARREGAR "TROCENTOS" QUILOS DE ENTULHO... QUER DIZER FANTASIA, JÁ ENTRAM EM FILA INDIANA(SEM DIREITO DE IR E VIM NATURALMENTE NA AVENIDA), VIRANDO QUESITO ... ELAS VÃO TER QUE TER COREOGRAFIAS... CARREGAR MAIS COISAS (COLOCA RODINHA NAS SAIAS ,É A SOLUÇÃO)E AINDA COM O TEMPO AINDA TEM QUE VIRAR ACROBATAS(JÁ É NÉ???) COM MIRABOLANTES ENCENAÇÕES PRA GARANTIR MAIS PONTOS!!!! POR FAVOR... VÃO PENSAR EM OUTRAS COISAS ... COMO TER INGRESSO MAIS BARATO PRA QUE O POVO POSSA ASSISTIR O CIRCO... QUER DIZER O CARNAVAL ,NÉ???? JUIZO GENTE... JUÍZO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!

  • Avatar
    29/07/2009 17:45:03Bruno Cesar Lobato MicasMembro SRZD desde 16/07/2009

    Quanto à presença de homens, eu já dei a minha opinião, e sou a favor, agora, quanto a virar quesito, eu não vejo viabilidade nisso, pois não tem nada em particular que deva ser julgado na ala de baianas. O que é julgavel na ala de baianas, já conta nos quesitos: harmonia, evolução, conjunto e fantasia.

  • Avatar
    29/07/2009 16:20:00Jairo do RecreioMembro SRZD desde 19/04/2009

    Boa Denise, acho que o critério de avaliação da ala das baianas, será a que fizer o melhor acarajé ou a melhor cocada, e elas deverão vir todas sentadas num grande tablado com seus tabuleiros expondo seus produtos que certamente poderão ser comprados pelo público enquanto a escola desfila, assim, a ala e a escola poderão arrecadar um pouquinho mais de grana porque ninguém é de ferro e dinheiro nunca é demais. Aliás, demais são essas decisões.

  • Avatar
    29/07/2009 16:14:11GUILHERME ESTEVAO DE LIMA MACIELMembro SRZD desde 11/05/2009

    Para tentar abrir as mentes de vcs que são preconceituosos em relação dos homens na ala das baianas, esta é uma curiosidade que está no site da LIESA: A ala de baianas na década de 30 era formada, quase exclusivamente, por homens que saiam nas laterais, das Escolas, portando navalhas presas as pernas para defenderem as agremiações em caso de brigas. Ou seja, ala das baianas tinham homens.

  • Avatar
    29/07/2009 14:14:32ZeidonMembro SRZD desde 20/04/2009

    Só a ultrapassada AESCRJ pra fazer isso, futuramente a ala das crianças também virará quesito, aí aquele desfilinho merda de sexta da Aesm-Rio poderá até ser disputado por 6 escolas.

  • Avatar
    29/07/2009 13:44:58DeniseMembro SRZD desde 08/04/2009

    Quais seriam os critérios de avaliação da ala de baianas? Fila indiana seria penalizada?

  • Avatar
    29/07/2009 13:10:04Bruno Cesar Lobato MicasMembro SRZD desde 16/07/2009

    O mal de vocês é que vocês são muito conservadores, e se chocam com qualquer mudança, seria ignorância ficar preso no tempo em um mundo tão cheio de transformação. Não vejo nada demais em homens saírem na ala das baianas, afinal de contas, aquilo é somente uma fantasia, ninguém ali é baiana de verdade ( somente raras exceções) se fossem, todas teriam de ser mães de santo para poder vestir aquela fantasia, vocês acham que é falta de respeito homens saírem na ala das baianas, então na mesma proporção, seria desrespeito, pessoas que não pertençam ao candomblé vestirem aquelas fantasias. Não tem nada a ver isso, pois afinal de contas, é carnaval, são apenas fantasias em um mundo de faz do conta, ninguém ali é o que está debaixo das fantasias

  • Avatar
    29/07/2009 13:08:46Bruno Cesar Lobato MicasMembro SRZD desde 16/07/2009

    O mal de vocês é que vocês são muito conservadores, e se chocam com qualquer mudança, seria ignorância ficar preso no tempo em um mundo tão cheio de transformação. Não vejo nada demais em homens saírem na ala das baianas, afinal de contas, aquilo é somente uma fantasia, ninguém ali é baiana de verdade ( somente raras exceções) se fossem, todas teriam de ser mães de santo para poder vestir aquela fantasia, vocês acham que é falta de respeito homens saírem na ala das baianas, então na mesma proporção, seria desrespeito, pessoas que não pertençam ao candomblé vestirem aquelas fantasias. Não tem nada a ver isso, pois afinal de contas, é carnaval, são apenas fantasias em um mundo de faz do conta, ninguém ali é o que está debaixo das fantasias

  • Avatar
    29/07/2009 12:27:21Lucia SantosMembro SRZD desde 08/04/2009

    Parabéns á associação das escolas de samba por essa iniciativa ,pois serviu para valorizar e resgatar o devido respeito há muito esquecido.Medida que deveria ser tomada pela Liga Independen te das Escolas de Samba .

  • Avatar
    29/07/2009 12:22:31BatuqueiroMembro SRZD desde 15/04/2009

    Não concordo que saia homens no lugar das nossas baianas, se torna ridículo... E não concordo virar um quesito, porque elas já carregam uma roupa quente e bem pesada durante horas... As mães do samba deveriam sim, é ganhar um tratamento muito especial por parte da (Aescrj), elas merecem muito respeito, e não precisa virar quesito para provar que elas são tão importantes, Um abraço a todas as baianas desse Brasil.

Comentar