SRZD


28/08/2013 16h51

Carnaval de Rua 2014: Prefeitura inicia preparativos
Redação SRZD

Carnaval / foto: Riotur

A Prefeitura do Rio de Janeiro, através da Riotur, anunciou nesta quarta-feira, 29 de agosto, que iniciou, oficialmente, os preparativos para o Carnaval de Rua 2014.

As regras para aqueles que desejam inscrever blocos, também foi divulgada nesta quarta, no Diário Oficial do Município.

"Observamos um crescente número de blocos com visão ou intuito apenas de captar patrocínios, sem qualquer ligação com o bairro onde desfila e com o próprio carnaval de rua da cidade em sua essência. Assim, pretendemos ampliar a discussão visando à preservação do autêntico carnaval de rua carioca, inclusive com a participação da sociedade civil. No carnaval passado já proibimos a utilização de cordas e venda de abadás, por entendermos que não fazem parte das nossas tradições. O Carnaval do Rio é livre e democrático", disse o secretário de Turismo, Antonio Pedro Figueira de Mello.

Leia na íntegra:

Inscrições

- Inscrições de pedidos para desfiles se iniciam na próxima segunda-feira, dia 2 de setembro, e vão até o dia 30 do mesmo mês. Os responsáveis pelos blocos deverão entregar os requerimentos na Diretoria de Operações da Riotur - Praça Pio X, 119/12º andar, Centro -, de segunda à sexta, das 10h às 17h

Regras para desfiles

- No Carnaval 2014 haverá atuação da Comissão Especial de Avaliação de Blocos de Rua, que foi instituída pelo Decreto 37182/13 e terá como função a análise dos pedidos de desfiles em parceria com a Riotur e demais órgãos públicos envolvidos na operação do Carnaval. Pela primeira vez, participarão da avaliação dos pedidos, entidades ligadas aos blocos e bandas carnavalescas. As entidades participantes serão a ABCERJ (Associação das Bandas Carnavalescas do Estado do Rio de Janeiro) e a Sebastiana (Associação de Blocos de Rua da Zona Sul, Centro e Santa Teresa), escolhidas por sua antiguidade e representatividade. A comissão também estará aberta à participação de outras associações, que poderão enviar à Riotur suas sugestões para a melhoria do carnaval de rua. Todas as propostas serão encaminhadas ao grupo de trabalho

- Dentre as atribuições da comissão está considerar critérios como: a tradição das agremiações, o local do desfile, a estimativa de público, características do bloco em relação ao carnaval de rua carioca e ao bairro onde pretende desfilar e os impactos causados no dia-a-dia da localidade. Os pareceres serão emitidos até 30 de novembro de 2013. O objetivo da comissão coordenada pela Secretaria Municipal de Turismo/Riotur é ordenar os desfiles, de forma a preservar as manifestações culturais representadas pelos blocos, tendo em vista as características típicas da festa para que não haja uma desconfiguração da mesma

- Para melhorar a dispersão dos blocos e a abertura de vias após os desfiles, a atividade dos promotores credenciados também foi regulamentada pelo Decreto 37220/13. De acordo com a legislação, os vendedores cadastrados atuarão apenas durante o horário compreendido entre o início da concentração e o término dos cortejos. A fiscalização da atividade ficará a cargo de agentes da SEOP (Secretaria Municipal de Ordem Pública), da GM-Rio (Guarda Municipal) e das Subprefeituras. O descumprimento das normas resultará em penas como a apreensão das mercadorias e o descredenciamento do promotor

Regras para blocos da Zona Sul

- Além das novas regras de ordenamento, a Riotur também publica, a exemplo dos anos anteriores, duas resoluções que tem objetivo de melhorar a distribuição dos desfiles pela cidade. Os blocos que desejarem desfilar nos bairros Leblon, Ipanema, Copacabana, Leme, Gávea, Jardim Botânico, Humaitá, Botafogo e Laranjeiras terão seus pedidos analisados caso a caso pela Diretoria de Operações da Riotur e pela Comissão Especial de Avaliação de Blocos e só serão autorizados mais de um desfile por bloco, em caráter excepcional, levando em consideração os fatores de tradição comprovada, viabilidade operacional em função do dia, horário e local de desfile e estimativa de público

- Para reduzir possíveis impactos aos bairros e à população, a Riotur manterá a limitação do tamanho e da potencia dos carros de som que serão utilizados durante o desfile na orla dos bairros de Ipanema e Leblon. O tamanho máximo permitido aos carros de som será de Altura: 4,80 m (incluindo o Guarda-Corpo), Largura: 2,80 m e Comprimento: 15 m. A potencia máxima de som a ser utilizada pelos carros de som será de 50 mil watts (cinqüenta mil watts).

- Para ter a liberação da licença para desfilar, o representante do bloco deverá apresentar à Riotur o documento de licenciamento anual do veículo, Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) do Carro de Som e a documentação do condutor do veículo. Caberá ao responsável pelo Bloco observar o trajeto que será percorrido pelo Carro de Som e se existem obstáculos que possam se traduzir em possíveis acidentes com os integrantes do bloco ou com o público presente ao desfile, responsabilizando-se por quaisquer eventualidades

 

 

 

 



Comentários
  • Avatar
    29/08/2013 19:15:26david menezesMembro SRZD desde 29/08/2013

    A prefeitura e a Riotur, exige muita coisa dos blocos, mas não proporcionam nada, tem bairros com mais de 5 blocos e nem carnaval tem, o mínimo que poderia fazer é montar um palanque com uma banda, animando os foliões dando oportunidades para os blocos desfilarem.

Comentar