SRZD



Carlos Molinari

Carlos Molinari

Jornalista da TV Brasil e historiador, nascido e criado no bairro de Bangu, onde conheceu sua grande paixão: o tradicional Bangu Atlético Clube. É autor de três livros: "Nós é que somos banguenses", "Almanaque do Bangu" e "A História das Copas". Pesquisador da história do futebol carioca e atento às notícias dos times do Rio, especialmente aqueles que estão fora da grande mídia. Hoje, apesar de trabalhar em Brasília, acompanha cada detalhe do Campeonato Carioca e da Copa Rio, torcendo sempre para que os pequenos "Davis" derrotem os quatro grandes "Golias". Neste blog, iremos dar palpites, especular, criticar, alfinetar as arbitragens (sempre tão prejudiciais aos nossos clubes) e abrir um canal de diálogo com os fanáticos pelo Madureira, Olaria, Bangu, América, Bonsucesso, Volta Redonda, Goytacaz, Resende, Americano, Friburguense, Portuguesa...

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



08/02/2013 21h34

É carnaval
Carlos Molinari

O Rio de Janeiro já respira Carnaval. A cada hora, um bloco sai de um ponto diferente da cidade. Os foliões vão atrás, cantarolando marchinhas de mais de 60 anos. Qualquer instrumento já serve como bateria. Ninguém pensa em outra coisa.

Só a Federação que crê que o sábado de Carnaval é o dia ideal para um Fluminense x Vasco, no Engenhão, com a justificativa de que os milhares de turistas que chegaram ao Rio vão até o simpático subúrbio da Central ver o clássico. Pode até ser.

Quem quiser desembarcar ainda mais longe pode saltar do trem na estação de Guilherme da Silveira e curtir Bangu e Quissamã, em Moça Bonita - esse, sim, um verdadeiro clássico.

Torço, claro, para o Bangu vencer. Acho que é bem provável que isso aconteça, embora vá atuar sem o meia Nil. Isso, no entanto, não faz muita diferença: os meias de ligação do Bangu são o problema mais sério do time. Se eu fosse o técnico Cleimar Rocha jogava as camisas 8 e 10 para o alto, quem pegasse, jogava. Nil, Araruama, Eudes e Gilmar estão no mesmo nível, nível baixo é bom que se diga.

Após o jogo, se o Bangu ganhar, as torcidas organizadas - a Bangoró, a Banfiel, a Castores da Guilherme, a Super Bangu - já prometeram fazer um carnaval pelas ruas do bairro. Irão batucando do estádio até Padre Miguel, agitando as bandeiras alvirrubras.

Mais um motivo para os jogadores se desdobrarem: essa galera merece uma tarde feliz!

Ainda sobre o Carnaval, não há como não contar uma história que ocorreu no próprio Bangu, só que durante o Campeonato Brasileiro da 1ª Divisão de 1981...

A partida contra o Joinville, realizada uma semana antes do início do Carnaval, foi disputada em clima de festa, principalmente na arquibancada. A charanga do Castor, que tradicionalmente entrava atrasada nos jogos, chegou tocando o samba da Mocidade "Abram alas pra folia". Assim que subiu as sociais, o Bangu fez um gol, com Mirandinha, aos 14 minutos.

A torcida, que ultrapassou a casa de 2.400 pessoas, gritava "olé" e pedia "mais um". Ao final, foi aquela carreata, com bandeiras desfilando pelas ruas do bairro. O banguense orgulhoso de seu clube, do sucesso do alvirrubro, que pela primeira vez passava da fase inicial do Campeonato Brasileiro.

Castor alardeava aos quatro ventos que o "Banguzão 81 era o favorito da Taça de Ouro" e confiava nos seus veteranos para chegar longe. Por isso, empolgado, reuniu os jogadores e disse que, se alguém quisesse passar o Carnaval fora, ele pagaria a passagem. Logo começaram os pedidos: Marco Antônio pretendia ir a Santos, Tobias a São Paulo, Luisão a Minas. Castor ia anotando os pedidos e concordando com a cabeça. Até que Moisés falou:

- Eu também queria passar o Carnaval fora, "seu" Castor.

- Pois é só dizer onde.

- É em Paris, "seu" Castor.

A entrevista acabou ali e ninguém foi de graça a lugar nenhum...

Moisés teve que se consolar com o Bloco das Piranhas, de Madureira, onde desfilou mais uma vez de peruca e cílios postiços, travestido de mulher...

(Um grande abraço aos leitores que prestigiam este blog. Tenham todos um ótimo Carnaval e que a Escola de cada um faça um belo desfile. Volto a perturbar vocês na quarta-feira de cinzas...)



Comentários
  • Avatar
    24/02/2013 12:40:16BangluglusibhoAnônimo

    Quissamãaaaaaaaaa Mais um vez bangluglu nada nada e morre na praia.

  • Avatar
    16/02/2013 10:40:13Getulio - BANGU ATLÉTICO CLUBE campeão do mundo em 1960Membro SRZD desde 10/04/2013

    Vou citar mais uma em que o BANGUZÃO foi prejudicado (roubado) pelo árbitro em pleno Maracanã : Era uma semifinal com o FLUnimerda e o jogo estava empatado quando goleiro Eduardo do BANGU fez um gol de cabeça numa batida de escanteio e o juiz (não seu se era tricolor) alegou que o foi com a mão e o resultado tirou o BANGU da final de mais um campeonato carioca.

  • Avatar
    16/02/2013 07:41:28MetibroncaAnônimo

    Pronto. Esqueci do Claudio Adão que foi eleito quando jovenzinho o NOVO PELÉ DA VILA e que acabou jogando no Bangu um dia. Taí o que querias Getulio. O Negão não veio mas mandou um genérico de bom tamanho. Claudio Adão era fera.

  • Avatar
    15/02/2013 20:35:28Getulio - BANGU ATLÉTICO CLUBE campeão do mundo em 1960Membro SRZD desde 10/04/2013

    Ora Paulo / Brasília se eu fosse pensar assim, depois de tantos anos torcendo pelo BANGUZÃO, pois estou com 70 anos e vi com muita alegria as vitórias do BANGU e também muito triste e as vezes revoltados com as derrotas sofridas por culpa dos árbitros, principalmente contra os chamados grandes do Rio de Janeiro. Não vou nem citar quais foram, mas aquela em que o Claudio Adão foi agarrado (gravata) pelo zagueiro FLUnimerda e o juiz Jose Roberto W descaradamente encerrou o jogo para não dar o penalti por que era tricolor e deixou o BANGUZÃO fora da final

  • Avatar
    15/02/2013 18:45:21Paulo/ BrasiliaAnônimo

    Infelizmente temos que nos contentar com o passado, pois o presente e incerto e o futuro so Deus sabe. Tenho varias fitas de video com jogos do Mecao e assisto quase todo final de semana e a minha esposa me chama de doido, mais foi isto que sobrou para nossa torcida lembrar bons tempos. MECAO SEMPRE

  • Avatar
    15/02/2013 12:38:48Getulio - BANGU ATLÉTICO CLUBE campeão do mundo em 1960Membro SRZD desde 10/04/2013

    Vc tem razão Metibronca. Nos anos 1960/1970 não perdia um jogo do América F.C. pq tinha um concunhado,já falecido, americano roxo,que chegou a ter um principio de infarto (morreu quando teve um terceiro fulminante)subindo a rampa do Maraca. Poderia dizer que é o meu segundo time no Rio de Janeiro, além do Santos F.C.. O Pelé poderia jogar com Ademir da Guia, que também saiu muito jovem do BANGU para jogar no Palmeiras. Já o Marinho é de outra época (anos 1980).

  • Avatar
    15/02/2013 09:09:12XikinhuAnônimo

    To percebendo que alguns amigos daqui sabem tudo do passado. Gostaria muito que me informassem alguma coisa do PRESENTE tá legal? Tipo: Lendo no site do America achei lindo e muito pragmático o desenvolvimento da ESTRATEGIA DO PLANEJAMENTO FUTURO DO MECÃO. Tá lá escrito e definido...Mas o plantel continua no site tendo até o Jean que estava jogando no Madureira, como sendo ainda atleta do America. Alguém poderia me informar o plantel atual do Mecão? Eu acho muito importante saber disso também. Na realidade o America é que deveria colocar lá essas informações. Alguém pode por aqui corrigir isso, dando uma informação concreta? Afinal, não é daqui alguns dias o início da segundona carioca? Ou o America vai contratar atletas com o campeonato em andamento? Ontem um que fez isso, guardadas as devidas proporções, foi o Gremio. NÃO TREINOU DIREITO, dançou em casa.

  • Avatar
    15/02/2013 08:57:13MetibroncaAnônimo

    Quem sou eu para duvidar do Getulio. Por respeito, por apreciação à sua escrita e pela CULTURA tb futebolística do mesmo. Independente dele ser banguense...kkkkkkk....Mas percebo que lá no fundo do âmago dele, existe uma "quedinha" pelo meu Mecão. Talvez seja pelas cores vermelha de ambos os clubes....rsrsrsr....Fico só imaginando Pelé e Marinho no Bangu....kkkkkk...Ou não seria possível Getúlio? São de épocas muito distintas?

  • Avatar
    14/02/2013 21:27:46Paulo/ BrasiliaAnônimo

    Este Getulio e uma enciclopedia do futebol, parabens. MECAO SEMPRE

  • Avatar
    14/02/2013 21:11:56Getulio - BANGU ATLÉTICO CLUBE campeão do mundo em 1960Membro SRZD desde 10/04/2013

    Metibronca vc sabia que o Rei Pelé quase foi contratado pelo BANGUZÃO quando ainda era garoto (É VERDADE E NÃO É HISTÓRIA NÃO) . Na época ele morava em São Paulo e a Dona Celeste (mãe do Pelé) não deixou pois ia ficar muito de longe de Bauru e aí acabou indo para o Santos muito jovem e se tornou no maior jogador do Século ou quem sabe o maior de todos os tempos. Mas ainda tem gente que duvida.

  • Avatar
    14/02/2013 17:57:15Getulio - BANGU ATLÉTICO CLUBE campeão do mundo em 1960Membro SRZD desde 10/04/2013

    Antes de ter o apelido de ARANHA que foi dado pela torcida do Botafogo nos anos 70 tinha jogado no BANGU em 1969 quando driblou o zagueiro Reys do FLAmídia deslocando a bola com uma pedra de gelo deixando o marcador para traz e depois driblou o goleiro e fez o gol. Já o gol de goleiro foi um jogo de Bangu e Vasco em que o goleiro Valdir (foi ser preparador de goleiros no Palmeiras) ao receber uma bola atrasada pelo seu zagueiro (naquela época podia atrasar a bola para o seu goleiro) foi repor com as mãos escorregou e arremessou contra a sua própria meta e gol valeu com vitória do BANGUZÃO. Foi um domingo chuvoso no Maracanã.

  • Avatar
    14/02/2013 13:52:06MetibroncaAnônimo

    E então Getúlio? Era Dé Aranha ou Dé Areia? rsrsr. Realmente é cultura das boas esse pedaço de postagens.E que gol de goleiro vistes no Maraca?

  • Avatar
    14/02/2013 12:19:35Getulio - BANGU ATLÉTICO CLUBE campeão do mundo em 1960Membro SRZD desde 10/04/2013

    O Dé " geleiro " fez um gol com o auxílio de uma pedra gelo ( na minha época os massagistas usavam pedras de gelo para aliviar a dor dos contudidos em campo) para driblar o zagueiro do FLAmídia atirando a pedra contra a bola numa dividida e facilitando o "drible da vaca" para ficar livre em frente ao goleiro e fazendo o gol. O Dé também usava o artifício de jogar areia na cara dos adversários . Isso tudo em pleno o antigo Maracanã que eutive a sorte de ver ao vivo, como também um incrível gol de goleiro, mas aí é outra história.

  • Avatar
    14/02/2013 12:07:27Getulio - BANGU ATLÉTICO CLUBE campeão do mundo em 1960Membro SRZD desde 10/04/2013

    O Almir não jogou no BANGU, Jogou em diversos clubes e encerrou a carreira no AMÉRICA 1967/1968, mas em 1966 não deixou o BANGUZÃO ser campeão invicto ao fazer um gol incrível ao tocar na bola com a cabeça quase enviada na lama e deslocar o goleiro Ubirajara fazendo 2 x 1 ( primeiro turno ) para o FLAmídia e na última partida decisiva do campeonato aos 26 minutos quando o BANGUZÃO já ganhava por 3 X 0 e caminhava para mais uma goleada histórica (a primeira foi de 6 x 0 em 1950) o Almir provocou uma confusão que fez o juiz expulsar quatro do BANGU e cinco do FLAmídia e o jogo foi encerado com o BANGUZÃO campeão. O Dé não foi conteporâneo do Almir. O Dé "GELEIRO" ma aí é outra história.

  • Avatar
    14/02/2013 08:14:41MetibroncaAnônimo

    Rapá. Que coisa. O Negão ganhava 10% do que admiti no meu texto logo abaixo. Rapá. Tenho que ir mais na internet para saber dessas coisas. Li ainda há pouco que Marcelo Moreno ganha no Gremio R$ 650.000,00 por mês para sobrar míseros R$ 450.000,00 por mês. TIRA O TUBO. Então quanto não deve ganhar o Gladiador no Gremio que foi contratado como garoto propaganda tb da Arena? rsrsrsr

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.