SRZD


09/10/2012 08h33

Bruno Chateaubriand diz ter sido vítima de homofobia
Marina Nardino*

O jornalista Bruno Chateaubriand foi vítima de agressão verbal homofóbica, na madrugada de sábado, quando estava numa lanchonete de Ipanema, Zona Sul do Rio.

Chateaubriand disse também que sofreu ameaça de agressão física. "Sentei na lanchonete por volta das 4h, fiz meu pedido e, cinco minutos depois, quatro rapazes começaram a me insultar: ‘Chateaubriand viado. Viado tem que morrer! Quando sair vai apanhar muito’. Só pensava em preservar a minha integridade física. Tive medo até de levar uma garrafada ou uma cadeirada", contou o jornalista ao SRZD.

Bruno disse ainda que os funcionários da lanchonete ouviram as agressões, mas não fizeram nada.

"Eles poderiam ter ido falar comigo, perguntar se eu gostaria de mudar de mesa, mas não fizeram nada", contou.

Chateaubriand estava acompanhado de seu companheiro, André Ramos, com quem vive há 13 anos, e mais seis amigos. "Logo após os insultos, um amigo parou o carro na porta da lanchonete e liguei para o gerente do local, que se desculpou. Não vi seguranças no local. Infelizmente, ainda existe homofobia", disse Chateaubriand.

O jornalista declarou que foi muito questionado por não ter chamado a polícia, mas explicou que como o caso ocorreu na madrugada do último sábado, a prisão ou detenção de eleitores no Brasil estava proibida, ordem que permanece até esta terça-feira.

Mas afirmou que já procurou a Coordenadoria da Diversidade e espera que o estabelecimento seja autuado e que os funcionários recebam treinamento para lidar com essa situação.

"Os rapazes agrediram todos os homossexuais e as pessoas que estavam presentes na lanchonete. A homofobia continua muito presente. Mas estou bem agora, recebi muito apoio e carinho dos meus amigos, isso não tem preço", declarou Chateaubriand.

*Atualizada às 15h22

Leia também:

- Comlurb retira 384 toneladas de lixo eleitoral das ruas do Rio



Comentários
  • Avatar
    15/10/2012 15:08:31armandoAnônimo

    Acho que vc, Antonio Carlos, é um viadinho igual a ele!!!

  • Avatar
    10/10/2012 10:22:36AlexandraAnônimo

    Agora ele entende o q eh injustica. Jogar ovo no trabalhador ele acha digno? Nenhuma agressao se justifica. Mas vamos ver se agora ele entende que TODO ser humano merece respeito, independente de status social.

  • Avatar
    09/10/2012 19:24:17Antonio CarlosAnônimo

    porto da pedra??? que é isso?? me poupe né!!!

  • Avatar
    09/10/2012 16:55:41armandoAnônimo

    Viadinho sem vergonha, querendo se promover!!! Na hora de dar notas baixas ao Porto da Pedra ele nao reclama!!! Viadinho pao com ovo!!!

  • Avatar
    09/10/2012 15:10:53liz mariaAnônimo

    Uma fez ouvi uma pessoa analisando esse tipo de comportamento ele falou que essas pessoas intolerantes é sinal que dentro deles tem também algo que os identifica e eles não querem assumir e saírem do armário ai ficam se agredindo se agredindo e tirando pedras em todos. Deixe a pessoa viver sua vida não faz mal a ninguém, estudou, trabalha isso é inveja isso sim...

  • Avatar
    09/10/2012 15:02:57liz mariaAnônimo

    Uma lástima que isso venha acontecendo em plena cidade maravilhosa e etc...não se aceita mais nada disso é falta de amor ao próximo, de respeito...se cada um cuidasse melhor de sua vida não aconteceria nada desses fatos tão deprimente,falta de civilidade cidadania aliás falta de tudo... e esses casos começaram a tomar mais força depois da campanha do Serra p/presidente que se aliou a aos terroristas e hemofóbicos de carteirinha de uma boa parte da igrejas pentecostal e neopetecostal com apoio do Silas mala safado,Feliciano e outros mais e uma ala da igreja católica de outras igrejas e pastores e padres da moda e da ala do congresso dos evangélicos fundamentalistas...nos dias de hoje não se pode mais aceitar essa falta de tolerância com a diversidade das coisas nem o mestre Jesus que eles tanto falam nunca discriminou ninguém convivia com todos mostrando o amor verdadeiro ao mais próximo...e eles não só vivem para atirarem pedras,criticar,julgar condenar e crucificar como fossem santos,cambada de fariseus,hipócritas...se cada um cuidasse da sua própria vida de seu rabo nada disso aconteceria...quem pode apontar o dedo para ver o defeito do outro? é revoltante!...

  • Avatar
    09/10/2012 08:51:15nidia jussaraAnônimo

    Já era para ter registrado queixa,está esperando o que?

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.