SRZD


21/03/2012 07h51

Preso novamente acusado de participar da morte do menino João Hélio
Redação SRZD

Condenado por participar da morte do menino João Hélio Fernandes Vieites, em fevereiro de 2007, Ezequiel Toledo da Silva, de 21 anos, foi preso na manhã desta terça-feira em Iguaba, na Região dos Lagos. Ele é acusado de corrupção ativa e receptação, tráfico de drogas e associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo. Ezequiel foi preso junto com sua companheira, Verônica Margarita Camelo Lopes, de 20 anos, segundo a delegada titular da 129ª DP (Iguaba), Janaína Cristina Peregrino.

Essa é a primeira passagem de Ezequiel como maior de idade. Com a morte de João Hélio, ele cumpriu três anos de medida socioeducativa, solto em 2010 com 19 anos, três dias após o crime ter completado 3 anos, e incluído no programa do Governo Federal de Proteção a Menores Ameaçados de Morte. Durante sua internação, ele foi acusado de outros crimes, entre eles o de tentar matar um agente de disciplina, organizar um motim e tentativa de fuga.

Na noite de 7 de fevereiro de 2007, ladrões assaltaram o carro da mãe de João, Rosa Cristina Fernandes, de 41 anos, em um sinal de trânsito nas esquinas entre as ruas João Vicente e Henrique de Melo, em Oswaldo Cruz, Subúrbio do Rio. Rosa conseguiu tirar a filha mais velha, Aline, então com 13 anos, mas não conseguiu tirar o filho do banco de trás, que ficou preso pelo cinto de segurança. Os assaltantes percorreram sete quilômetros de Oswaldo Cruz até Cascadura, em cerca de dez minutos, trecho em que João foi arrastado.


Comentários
  • Avatar
    21/03/2012 17:24:32João Carlos Silva CardosoAnônimo

    Se querem "ressocializar", que o façam aqui. Mandar para a Suíça é passar o atestado de que o crime compensa. Na verdade, o destino desse cara deveria ter sido o mesmo do Champinha (lembra-se?), em cana até hoje, mesmo já maior. Como disse, que o Brasil nunca esqueça desse crime brutal, porque podia ser com o filho de qualquer um de nós.

  • Avatar
    21/03/2012 16:04:19RenatoAnônimo

    Só no Brasil mesmo, um assassino desses solto; em um país desenvolvido era PENA DE MORTE na certa, mas aqui dão chances para ele matar mais um monte de inocentes.

  • Avatar
    21/03/2012 14:55:34franklin moreira dos santosAnônimo

    Esse foi o crime que mais chocou na minha vida inteira. Até hoje sinto tristeza de lembrar a morte do pequeno João. Desejo, com as forças, que este bandido, que já mostrou não ter recuperação, tenha um destino trágico, muito trágico, e nos deixe menos preocupados em ter que viver no mesmo mundo que ele. Que morra logo!

  • Avatar
    21/03/2012 10:54:56João Carlos Silva CardosoAnônimo

    Ainda quiseram-no levar para a Suíça para resscocializar o camaradinha. Que o Brasil nunca esqueça desse crime. Poderia ter sido com seu filho.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.