SRZD


14/07/2008 09h15

Como reaver o dinheiro perdido nos planos Bresser, Verão e Collor
Redação SRZD

No final dos anos 80 e início dos 90, o governo brasileiro, para conter a alta de preços provocada pela hiperinflação, alterou o cálculo de correção dos saldos de poupança, gerando perdas para quem acreditava no investimento. O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) também foi prejudicado, por alterações na correção dos saldos.

Se você sofreu com as perdas decorridas dos planos Bresser (1987), Verão (1989) e Collor I (1990), apesar do tempo decorrido, ainda é possível recuperar o dinheiro através da Justiça - apesar de demandar muito tempo e paciência. Todas os entraves são resolvidos na esfera judicial - por isso, a resposta final pode demorar até mais de três anos.

Para saber o valor que você deve pedir, é necessário calcular o tempo e o valor das aplicações. Segundo Maria Elisa Novais, do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, é mais seguro procurar advogados especializados e associações de defesa dos direitos do consumidor.

No caso do Plano Collor, a situação é mais complicada - o pacote instaurado em 15 de março de 1990 congelou as poupanças com valores superior a 50 mil cruzados e enviou o dinheiro para o Banco Central. Depois dessa data, as contas eram corrigidas pelo IPC - índice que mede a variação de preços para o consumidor, com base nos gatos de quem ganha de um a vinte salários mínimos. Entretanto, quem tinha conta com vencimento na segunda quinzena do mês foi prejudicado, pois o reajuste tomava como base outro índice, o BTNF, que é inferior ao IPC. 

E ainda há outro problema: solicitar a correção dos valores que foram encaminhados ao Banco Central não dá mais, pois o prazo expirou. "O que se pode fazer são pedidos contra bancos para o dinheiro que ficou na conta, se não tiver sido corrigido. Nesse caso, o prazo vai até 2010", explicou o advogado Alexandre Barthe.

Em relação às contas do FGTS, prejudicadas porque os planos Verão e Collor I aplicaram nas poupanças correções inferiores à inflação registradas na época, existiu uma lei que determinou o pagamento dos expurgos, com a única condição dos trabalhadores entrarem em acordo com a Caixa Econômica Federal. Todavia, o prazo terminou em 2003, e o único caminho restante é a Justiça.

 

 

 


Comentários
  • Avatar
    05/11/2014 21:21:53DéboraAnônimo

    um advogado que trabalhou com meu disse as minhas irmãs que temos um dinheiro referente ao plano do collor para receber que era de meu pai falecido. O que devo fazer? que medida devo entrar? quero procurar um advogado mas nem como explicar pra saber certo q medida ele deve entrar

  • Avatar
    28/10/2014 08:04:25francisca Andreia fernandesAnônimo

    eu quero saber como fazer para rever o valor que foi recebido do plano collor?

  • Avatar
    13/09/2014 18:29:48lucietedejesuspacienciaAnônimo

    minha mae tinha uma conta mais ela foi roubada pelo banco na epoca de colo demelloo

  • Avatar
    13/09/2014 18:27:52lucietedejesuspacienciaAnônimo

    minha mae tinha uma conta mais ela foi roubada pelo banco na epoca de colo demelloo

  • Avatar
    10/09/2014 22:13:18Wilian Vieira BorgesAnônimo

    Olá, gostaria de tirar uma duvida. Trabalhei em uma firma em 1980, onde o FGTS era depositado no Banco Real S/A. Depois de 1981 a 1984 trabalhei em Furnas, cujo FGTS era depositado no Banco do Brasil S/A. Estou tentando encontrar estes extratos para ver se o valor dá para eu dar de entrada em uma casa, mas na Caixa Economica ele não encontraram nada, fui no Banco do Brasil hoje, e, o gerente disse que é a caixa que tem que resolver, pois eu pedi demissão da firma e aí o que eu faço para descobrir onde está e quanto eu tenho.

  • Avatar
    30/08/2014 22:14:33Andreza Lilian santos da silvaAnônimo

    ola boa noite, me ligaram me informando que iriam mandar uns documentos referentes ao plano verão color, gostaria de mais informações a respeito deste assunto.

  • Avatar
    26/08/2014 12:25:00amaralAnônimo

    olá boa tarde,meu pai tinha um dinheiro na conta poupança no ano de 1990, e tbm sofreu com esse fato, gostaria de saber se ainda tem como recuperar esse dinheiro que foi depositado?

  • Avatar
    22/08/2014 08:54:13SIMONE F.B.ROCHAAnônimo

    Bom dia,gostaria de saber se tenho algum direito dos planos collor e breser do FGTS, pois trabalhei na mesma empresa no período de maio/1984 a novembro/2003. Se tiver algum direito como agir. Grata

  • Avatar
    22/07/2014 10:43:26jacira rodriguesAnônimo

    Bom dia! Trabalhei de março de 84 a janeiro de 85,fevereiro de 87 a março de 87,de março de 87 a agosto de 89 e março de 2001 a agosto de 2004.Gostaria de saber se tenho algum residuo pra receber e como devo proceder!

  • Avatar
    11/06/2014 20:50:07joão batista de oliveiraAnônimo

    Trabalhei nos anos de 1987 a 1990, no itaú e ficou uma parte do meu dinheiro preso nos planos bresser verão e collor, e fgts tbm. Como posso restituir o meu dinheiro atualizados?

  • Avatar
    17/04/2014 19:07:00jesio rodrigues fonsecaAnônimo

    como faço para reçeber o fgts plano collor e plano bresser

  • Avatar
    17/04/2014 16:05:43jesio rodrigues fonsecaAnônimo

    eu gostaria de saber pelo menos o saldo do fgts plano collor e bresser

  • Avatar
    10/04/2014 10:43:57Raimundo Dantas dos ReisAnônimo

    Gostaria de saber como rever o dinheiro que ficou retido no plano verão plano Bresser e as perdas do FGTS.pois na época o sindicato sugeriu que entrasse na justiça ,pois o que a caixa estava pagando era um valor muito baixo, e assim eu u fis e ate o dia de hoje não recebi nada.

  • Avatar
    26/03/2014 22:28:02Maria Luiza Britto de Souza PereiraAnônimo

    desejo saber se vou receber meu PASEP do plano Collor dezembro de 89 e abril de 90 já fiz muito por isso desejaria uma resposta.

  • Avatar
    14/03/2014 11:16:12osmar da conceição silvaAnônimo

    ok

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.