SRZD



Ana Carolina Garcia

Ana Carolina Garcia

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, onde também concluiu sua pós-graduação em Jornalismo Cultural. Em 2011, lançou seu primeiro livro, "A Fantástica Fábrica de Filmes - Como Hollywood se Tornou a Capital Mundial do Cinema", da Editora Senac Rio.

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



14/04/2014 02h35

MTV Movie Awards 2014: Homenagem a Paul Walker e vitória de ‘Jogos Vorazes: Em Chamas’
Ana Carolina Garcia

O MTV Movie Awards 2014 foi realizado na noite do último domingo, dia 13, no Nokia Theatre em Los Angeles, Califórnia, com Conan O’Brien como anfitrião. O grande vencedor desta edição foi o sucesso "Jogos Vorazes: Em Chamas" (The Hunger Games: Catching Fire - 2013) com três baldes de pipoca dourada - melhor filme, ator para Josh Hutcherson e atriz para Jennifer Lawrence.

Foto: Divulgação

A premiação mais pop do cinema deixou a irreverência de lado em dois momentos distintos, assumindo, inevitavelmente, um tom mais sério. O primeiro, logo no início, durante o discurso de agradecimento de Jared Leto pelo troféu de melhor transformação em tela por seu desempenho como o travesti Rayon em "Clube de Compras Dallas" (Dallas Buyers Club - 2013), longa que lhe rendeu o Globo de Ouro e o Oscar de melhor ator coadjuvante no início deste ano.

O ator e líder da banda Thirty Seconds to Mars, se disse honrado por receber o prêmio das mãos de Lupita Nyong’o e, logo em seguida, falou sobre o HIV e sua esperança de que num futuro próximo a cura da Aids se torne uma realidade. Leto finalizou seu discurso dizendo: "Ame quem você quiser e viva como desejar. E nunca deixe que ninguém o impeça de transformar seus sonhos em realidade".

O outro momento sério da noite, triste, na verdade, foi a homenagem póstuma a Paul Walker, apresentada por Jordana Brewster e com um vídeo narrado por Vin Diesel, seus amigos pessoais e colegas de elenco nos filmes da franquia "Velozes & Furiosos" (Fast & Furious) - Walker e Diesel venceram a categoria de melhor dupla este ano. Os atores destacaram, entre outras coisas, como Walker se importava com os amigos e suas ações humanitárias às vítimas de desastres naturais.

Foto: Divulgação

Emocionada, Brewster começou a homenagem falando brevemente sobre a tragédia que vitimou Paul Walker em 30 de novembro de 2013 e toda a comoção mundial que se seguiu, com demonstrações de carinho dos fãs - o ator participava de um evento de caridade em prol das vítimas do tufão nas Filipinas em Valencia, Califórnia, quando decidiu dar uma volta de carro com um amigo. O Porsche Carrera GT em que os dois estavam se chocou contra uma árvore e um poste, explodindo em seguida. O ator faleceu em decorrência às graves lesões traumáticas causadas pelo impacto da batida e às lesões térmicas causadas pela explosão, sendo queimado até a morte.

"Ele era tão, tão especial. Eu tive a sorte de trabalhar com ele nos últimos 15 anos e testemunhar a generosidade de seu coração todos os dias em que estive com ele. Ele era humilde, pensava nas outras pessoas. Se você conhecesse o Paul por cinco minutos ou fosse um amigo próximo, ele o faria se sentir a pessoa mais importante do mundo. Para o Paul, todo dia era uma aventura a ser resolvida e ele queria fazer a diferença neste mundo. Se ele estava ‘etiquetando’ grandes tubarões brancos para pesquisas ou ajudando vítimas de desastres naturais através de sua organização Reach Out Worldwide, sua bondade era pura. Ele nunca pediu por crédito ou glória. Ele realmente era um cara bom. Seu charme, inteligência, espírito e seu lindo sorriso viverão porque ele sempre estará em nossos corações, e continuará a ser uma inspiração para vivermos a vida ao máximo", disse Jordana Brewster.

Tristeza à parte, a festa da MTV homenageou ainda Channing Tatum e Mark Wahlberg com o Trailblazer Award e o MTV Generation Award, respectivamente; e contou com alguns momentos inusitados, um deles protagonizados por Zac Efron, que tirou a camisa no palco para receber o troféu de melhor performance sem camisa.

Confira a lista de vencedores:

- Melhor filme:

"Jogos Vorazes: Em Chamas" (The Hunger Games: Catching Fire - 2013);  

- Melhor ator:

Josh Hutcherson - "Jogos Vorazes: Em Chamas";  

- Melhor atriz:

Jennifer Lawrence - "Jogos Vorazes: Em Chamas";

- Melhor atuação totalmente assustada:

Brad Pitt - "Guerra Mundial Z" (World War Z - 2013);

- Melhor ator/atriz revelação:

Will Poulter - "Família do Bagulho" (We're the Millers - 2013);  

- Melhor dupla:

Vin Diesel e Paul Walker - "Velozes & Furiosos 6" (Furious 6 - 2013);

- Melhor performance sem camisa:

Zac Efron - "Namoro ou Liberdade" (That Awkward Moment - 2014);

- Melhor luta:

Orlando Bloom e Evangeline Lilly x Orcs - "O Hobbit: A Desolação de Smaug" (The Hobbit: The Desolation of Smaug - 2013);

- Melhor beijo:

Emma Roberts, Jennifer Aniston e Will Poulter - "Família do Bagulho";

- Melhor momento "WTF":

Leonardo DiCaprio - "O Lobo de Wall Street" (The Wolf of Wall Street - 2013);  

- Melhor vilão:

Mila Kunis - "Oz: Mágico e Poderoso" (Oz the Great and Powerful - 2013);  

- Melhor momento musical:

Backstreet Boys, Jay Baruchel, Seth Rogen e Craig Robinson - "É o Fim" (This Is the End - 2013);

- Melhor performance cômica:

Jonah Hill - "O Lobo de Wall Street";

- Melhor transformação em tela:

Jared Leto - "Clube de Compras Dallas" (Dallas Buyers Club - 2013);

- Melhor participação especial:

Rihanna - "É o Fim";

- Melhor herói:

Henry Cavill - "O Homem de Aço" (Man of Steel - 2013);

- Personagem favorito:

Tris (Shailene Woodley) - "Divergente" (Divergent - 2014);

- MTV Generation Award:

Mark Wahlberg;

- Trailblazer Award:

Channing Tatum.

Leia também:

- Direção de Velozes e Furiosos 7 define como substituirá Paul Walker

- ‘Velozes e Furiosos 7’: Universal define o desfecho de Brian O’Conner



11/04/2014 01h14

Dica: ‘Capitão América 2: O Soldado Invernal’
Ana Carolina Garcia

Um dos filmes mais aguardados deste ano já está em cartaz nos cinemas brasileiros: "Capitão América 2: O Soldado Invernal" (Captain America: The Winter Soldier - 2014).

Foto: Divulgação

Dirigido por Anthony e Joe Russo, o longa assumiu um tom mais sério que os de outras produções da Marvel, inspirado em suspenses políticos da década de 1970, apostando num roteiro eficiente e interessante, algo incomum a filmes protagonizados por super-heróis.

"Capitão América 2: O Soldado Invernal" é um filmaço imperdível, um dos melhores sobre o universo Marvel, e merece ser assistido mais de uma vez, pois a diversão é garantida para o público de todas as idades.

Como todo filme da Marvel, a nova aventura de Steve Rogers / Capitão América (Chris Evans) tem cenas durante os créditos finais, duas, na verdade. Dirigidas por Joss Whedon, de "Os Vingadores" (The Avengers - 2012), elas abrem caminho para "Os Vingadores 2: A Era de Ultron" (Avengers: Age of Ultron - 2015) e "Capitão América 3" (Captain America 3 - 2016).

Então, fica a dica: corra para o cinema mais próximo e assista "Capitão América 2: O Soldado Invernal" até o fim dos créditos!

Leia também:

- Crítica: ‘Capitão América 2: O Soldado Invernal’ é um dos melhores filmes da Marvel

- ‘Capitão América 2: O Soldado Invernal’ tem cena inicial divulgada

Assista ao trailer oficial:



11/04/2014 01h05

Canal Brasil exibe ‘Mostra Wilker Vive’
Ana Carolina Garcia

Foto: DivulgaçãoO Canal Brasil homenageia José Wilker com uma programação especial que exibirá oito de seus filmes todas as segundas e terças-feiras, durante quatro semanas, a partir do dia 14.

O filme escolhido para a estreia da Mostra foi "Dona Flor e Seus Dois Maridos" (1976), no qual interpretou Vadinho. Baseada na obra homônima de Jorge Amado e com direção de Bruno Barreto, essa comédia permaneceu no topo das bilheterias do cinema nacional até 2010,quando foi desbancada por "Tropa de Elite".

Ator, diretor, apresentador e crítico de cinema, Wilker faleceu no dia 05 de abril e era uma das personalidades mais importantes do país, com cerca de 30 novelas e 70 filmes ao longo de sua carreira.  

Confira a programação da "Mostra Wilker Vive":

- "Dona Flor e Seus Dois Maridos" (1976):

Segunda: 14/04;

Horário: 0h15;

Classificação: 18 anos

- "Xica da Silva" (1976):

Terça: 15/04;

Horário: 0h15;

Classificação: 16 anos.

- "Bye Bye Brasil" (1979):

Segunda: 21/04;

Horário: 0h15;

Classificação: 18 anos.

- "Dias Melhores Virão" (1989):

Terça: 22/04;

Horário: 0h15;

Classificação: 14 anos.

- "Pequeno Dicionário Amoroso" (1996):

Segunda: 28/04;

Horário: 0h15;

Classificação: Livre.

- "Bonitinha, Mas Ordinária" (1981):

Terça: 29/04;

Horário: 0h15;

Classificação: 18 anos.

- "O Bom Burguês" (1979):

Segunda: 5/05;

Horário: 0h15;

Classificação: 18 anos.

- "Doida Demais" (1989):

Terça: 6/05;

Horário: 0h15;

Classificação: 18 anos.



10/04/2014 23h55

Dica: ‘Hoje Eu Quero Voltar Sozinho’
Ana Carolina Garcia

Numa época em que as comédias tomam conta da cinematografia brasileira, um longa-metragem bastante intimista sobre um adolescente deficiente visual e sua descoberta da sexualidade, chama a atenção por ser uma grata surpresa.

Foto: Divulgação

Spin-off do curta "Eu Não Quero Voltar Sozinho" (2010), "Hoje Eu Quero Voltar Sozinho" (2014) nos encanta pela naturalidade com a qual sua trama se desenvolve, livre de todo e qualquer tipo de estereótipo e pieguice.

Com direção de Daniel Ribeiro, o filme venceu dois prêmios no Festival de Berlim deste ano e chega aos cinemas nesta quinta-feira, dia 10.

Não deixe de conferir "Hoje Eu Quero Voltar Sozinho"!

Leia também:

- Crítica: ‘Hoje Eu Quero Voltar Sozinho’ encanta por sua naturalidade

Assista ao trailer oficial:



08/04/2014 01h54

‘X-Men: Dias de um Futuro Esquecido’: Fox cria aplicativo ‘X-Yourself’
Ana Carolina Garcia

A 20th Century Fox criou um aplicativo para promover o próximo longa da franquia "X-Men": "X-Men: Dias de um Futuro Esquecido" (X-Men: Days of Future Past - 2014). Chamado de "X-Yourself", o aplicativo permite que o usuário coloque seu rosto, dividido entre passado e futuro, em uma das artes do filme - as fotos podem ser compartilhadas nas redes sociais direto da página (http://www.x-menmovies.com/x-yourself/intl/br/).

No longa dirigido por Bryan Singer, o time definitivo dos X-Men encara uma guerra pela sobrevivência da espécie em dois períodos diferentes de tempo, mostrando personagens já conhecidos da franquia junto de suas versões mais jovens, apresentadas em "X-Men: Primeira Classe" (X-Men: First Class - 2011), em uma batalha épica que deve mudar seu passado ou salvar seu futuro.

Com roteiro de Simon Kinberg, a produção mostra robôs gigantes conhecidos como Sentinelas caçando os mutantes, que precisam permanecer escondidos enquanto não encontram uma solução que garanta sua sobrevivência. Juntos, Professor Xavier (Patrick Stewart), Wolverine (Hugh Jackman), Tempestade (Halle Berry), Magneto (Ian McKellen) e Lince Negra (Ellen Page), chegam à conclusão de que sua única chance é uma viagem ao tempo direto para a década de 1970, onde a consciência de Wolverine é inserida no corpo do jovem mutante, para que ele possa procurar Xavier (James McAvoy) e Magneto (Michael Fassbender), também jovens, na tentativa de evitar o fim trágico dos X-Men no futuro.

No elenco também estão: Jennifer Lawrence (Mística), Anna Paquin (Vampira), Shawn Ashmore (Homem de Gelo), Daniel Cudmore (Colossus), Evan Peters (Mercúrio), Morgan Lily (Mística, jovem), Peter Dinklage (Bolívar Trask), Fan Bingbing (Blink), entre outros.

"X-Men: Dias de um Futuro Esquecido" tem estreia marcada para o dia 22 de maio no Brasil.

Confira algumas fotos oficiais:

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Assista ao trailer oficial legendado:



02/04/2014 01h25

Paramount divulga trailer e foto de ‘As Tartarugas Ninja’
Ana Carolina Garcia

Foto: DivulgaçãoA Paramount Pictures divulgou o primeiro trailer e foto oficiais de "As Tartarugas Ninja" (Teenage Mutant Ninja Turtles - 2014), dirigido por Jonathan Liebesman e produzido por Michael Bay.

Na trama, Donatello (Jeremy Howard), Michelangelo (Noel Fisher), Raphael (Alan Ritchson) e Leonardo (Pete Ploszek) tartarugas mutantes que vivem no esgoto nova-iorquino e precisam salvar a cidade da vilania de Shredder (William Fichtner), que deseja dominá-la com a ajuda de seu clã. Treinadas por Mestre Splinter (Danny Woodburn), rato que domina artes marciais, as tartarugas têm entre seus poucos amigos a jovem April O’Neil (Megan Fox).

Os personagens foram criados por Kevin Eastman e Peter Laird na década de 1980 para uma revista em quadrinhos que logo se tornou popular e foi adaptada para a televisão como desenho animado, que, nós brasileiros, tivemos a oportunidade de assistir no extinto "Xou da Xuxa" (1986 - 1992).

O desenho "As Tartarugas Ninja" (Teenage Mutant Ninja Turtles - 1987 - 1996) repetiu o sucesso dos quadrinhos e possibilitou a criação de jogos eletrônicos e adaptações para o cinema nos anos seguintes: "As Tartarugas Ninjas" (Teenage Mutant Ninja Turtles - 1990), "As Tartarugas Ninja II - O Segredo do Ooze" (Teenage Mutant Ninja Turtles II: The Secret of the Ooze - 1991), "As Tartarugas Ninja III" (Teenage Mutant Ninja Turtles III - 1993) e "As Tartarugas Ninja - O Retorno" (TMNT - 2007) - este último, uma animação que contou com a dublagem de Chris Evans como Casey.

"As Tartarugas Ninja" está previsto para chegar aos cinemas brasileiros em 14 de agosto.

Confira a foto:

Foto: Divulgação

Assista ao teaser trailer oficial legendado:



30/03/2014 01h41

‘Noé’: ‘Queria que este Noé parecesse original’, diz Aronofsky
Ana Carolina Garcia

Foto: DivulgaçãoNa próxima quinta-feira, dia 03, chega aos cinemas brasileiros a nova produção bíblica made in Hollywood: "Noé" (Noah - 2014), dirigida por Darren Aronofsky, protagonizada por Russell Crowe e proibida em alguns países do Oriente Médio.

Apesar da polêmica, comum a quaisquer filmes de cunho religioso, o longa tem como objetivo apresentar ao público a história de Noé de maneira mais séria e profunda, fugindo de todo o folclore em torno da arca. "Não queria aumentar ainda mais as preconcepções estereotipadas que já temos da cultura popular. Queria que este Noé parecesse original, imediato e verdadeiro", conta Aronofsky, que tem em seu currículo uma indicação ao Oscar de melhor diretor por "Cisne Negro" (Black Swan - 2010).

Para levar a trajetória de coragem, sacrifício e esperança do homem considerado por Deus como o único justo num mundo onde a crueldade humana reinava absoluta, o diretor contou com a construção de uma arca no set, talhada de acordo com as medidas e especificações relatadas no Livro de Gênesis, usando-as como planta para a embarcação vista no filme, para conceder o máximo de veracidade possível a este épico.

"Nossa ideia era sempre retornar para o que a Bíblia diz, que basicamente descreve um retângulo, uma caixa. Todas as representações que vimos durante os últimos 100 anos foram de navios, mas de forma realista, a Arca não precisava de uma quilha, porque não precisava navegar. Ela tinha apenas que sobreviver ao dilúvio. Então consultamos a Bíblia e construímos o escopo verdadeiro que está escrito, que tem um tamanho realmente impressionante", disse o cineasta.

Foto: Divulgação

A ideia de construir uma arca no set funcionou bem porque os atores tiveram a oportunidade de se deslocar pelo cenário com bastante naturalidade, algo que seria difícil de ser alcançado se a arca fosse computadorizada, como todos os animais retratados em "Noé", o que gerou certo descontentamento em Russel Crowe. Mesmo decepcionado por não poder contracenar com animais de verdade, conforme afirmou em recente entrevista no Rio de Janeiro, Crowe ficou satisfeito com a construção da arca no set, pois isso é cada vez mais raro no cinema hollywoodiano que tem apostado muitas fichas em efeitos visuais. "Vimos as imagens antes da produção, mas a primeira vez que vi o exterior da arca e ela levantando do chão, foi uma experiência e tanto!", comentou o ator.

Para Darren Aronofsky, "o público pode esperar por todos os grandes momentos da história de Noé: a Arca, os animais, o primeiro arco-íris, a pomba. Mas espero que tenham sido capturados de maneira nova e inesperada. Em vez de repetir o que já foi visto anteriormente, consideramos cuidadosamente o que está escrito no Livro de Gênesis e, depois, criamos um cenário na tela onde achamos que estes milagres poderiam ocorrer".

Fascinado por esta história desde os 13 anos de idade, Aronofsky realizou um filme grandioso sobre a primeiríssima história do fim do mundo, como ele mesmo definiu. Baseado no Livro de Gênesis, o longa ainda assume uma atmosfera de drama familiar ao mostrar os conflitos de Noé com a esposa e os filhos, mesmo antes do dilúvio.

Leia também:

- Russell Crowe vem ao Rio para divulgar 'Noé'

Confira algumas fotos oficiais:

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Assista ao trailer oficial legendado:



26/03/2014 17h34

Dica: ‘Rio 2’
Ana Carolina Garcia

"Rio 2" (Idem - 2014) chega aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira, dia 27, com qualidade de sobra para encantar crianças e adultos, inclusive por superar seu antecessor, "Rio" (Idem - 2011).

Foto: Divulgação

A arara-azul mais famosa do cinema está de volta às telas numa aventura que começa no Rio de Janeiro e segue rumo à Amazônia. As cenas de Blu (voz de Jesse Eisenberg) tentando se adaptar à nova realidade de sua família são bem divertidas e valem o ingresso, assim como as das audições com personagens coadjuvantes sensacionais.

A nova animação do diretor carioca Carlos Saldanha é uma delícia de assistir e consegue equilibrar doses certas de aventura e comédia, ganhando um tom mais sério somente ao criticar o desmatamento da floresta amazônica, apresentado de forma bem simples para melhor compreensão do público infantil.

Fica a dica: Não perca "Rio 2"!

Leia também:

- Crítica: ‘Rio 2’ faz crítica direta ao desmatamento da Amazônia

Assista ao trailer oficial dublado:



24/03/2014 00h13

Confira o primeiro trailer oficial de ‘Getúlio’
Ana Carolina Garcia

Baseado na história real do ex-presidente Getúlio Vargas, o longa-metragem "Getúlio" (2014) teve seu primeiro trailer oficial divulgado. O filme é dirigido por João Jardim e protagonizado por Tony Ramos.

Foto: Divulgação

Com roteiro de George Moura, o longa mostra os últimos dias de vida do então presidente, focando na relação entre ele e sua filha, Alzira (Drica Moraes), para apresentar ao público os dilemas de Getúlio, acossado por denúncias de corrupção e pela descoberta de que o atentado contra Carlos Lacerda (Alexandre Borges) foi planejado dentro do Palácio do Catete.

"Getúlio" chega aos cinemas no dia 1º de maio.

Confira o trailer:



22/03/2014 03h08

‘Capitão América 2: O Soldado Invernal’ tem cena inicial divulgada
Ana Carolina Garcia

Foto: DivulgaçãoA Marvel divulgou esta semana um vídeo com quatro minutos iniciais de "Capitão América 2: O Soldado Invernal" (Captain America: The Winter Soldier - 2014), mostrando o herói se preparando para uma operação militar ao lado de Natasha Romanoff / Viúva Negra (Scarlett Johansson).

O vídeo (que você pode conferir abaixo) dá a noção exata do que podemos esperar deste novo longa-metragem da Marvel, sem dúvida alguma, um dos mais aguardados deste ano. Este vídeo também serve para aumentar a curiosidade e ansiedade dos fãs pelo filme, dirigido pelos irmãos Anthony e Joe Russo, conhecidos por seus trabalhos na TV americana em séries aclamadas pela crítica, como "Arrested Development" e "Community", em que assumiram as funções de produtores executivos e diretores.

"Nós queríamos que o filme tivesse um estilo vérité que dê a sensação de que você está com o Capitão América. Queríamos que a história e o estilo tivessem uma noção de intimidade e realidade, o que é bem crítico nos suspenses políticos dos anos 1970 que inspiraram este filme", explica Anthony Russo.

Para Joe Russo, "o primeiro filme da franquia é sobre posicionar os heróis e o segundo filme é sobre colocar os heróis nas cordas do ringue. Este filme tem uma história muito mais audaciosa do que qualquer outro filme da Marvel até hoje e nós queríamos tentar algo diferente. Achamos que nosso trabalho era adicionar algo ao universo da Marvel que eles pudessem usar como uma ferramenta na Fase 2".

Foto: Divulgação

A trama de "Capitão América 2: O Soldado Invernal" é ambientada após os cataclísmicos eventos de Nova York mostrados em "Os Vingadores" (The Avengers - 2012), e mostra Steve Rogers / Capitão América (Chris Evans) levando uma vida tranquila em Washington D.C. e fazendo o possível para se ajustar ao mundo moderno, mas sua tranquilidade acaba quando um colega da S.H.I.E.L.D. é atacado e ele se vê preso em uma rede de intrigas que ameaça colocar o mundo em risco. Assim, Rogers precisa unir forças novamente com Natasha Romanoff / Viúva Negra, mas quando a dimensão da trama maligna é revelada, os dois pedem ajuda a um novo aliado, o Falcão (Anthony Mackie). Contudo, eles logo se veem enfrentando um inimigo formidável e inesperado, o Soldado Invernal (Sebastian Stan).

Essa nova aventura do herói criado em 1941 também ganhou elogios do protagonista Chris Evans, devido ao tom audacioso e real do roteiro de Christopher Markus e Stephen McFeely. "O Capitão América não voa, não lança raios; ele dá socos e chutes. Então, com esse tipo de estilo de combate, o tom dá a liberdade para o filme ser muito mais baseado na realidade, o que é muito legal. Quando li o roteiro, pareceu um pouco mais voyeurístico e áspero do que a maioria dos filmes de super-heróis, que tende a ser mais lustroso", afirmou o ator.

"Capitão América 2: O Soldado Invernal" estreia no dia 10 de abril.

Leia também:

- Divulgadas artes conceituais de ‘Thor 2’, ‘Capitão América 2’ e ‘Guardiões da Galáxia’

Confira a cena inicial legendada:


1 Comentários | Clique aqui para comentar

20/03/2014 01h36

Carlos Saldanha, Rodrigo Santoro, Sérgio Mendes e Carlinhos Brown lançam ‘Rio 2’
Ana Carolina Garcia

Na noite da última terça-feira, dia 18, o diretor Carlos Saldanha se reuniu com o ator Rodrigo Santoro e os músicos Sergio Mendes e Carlinhos Brown, para lançar seu novo longa de animação, "Rio 2" (Idem - 2014). A pré-estreia aconteceu na Cidade das Artes, Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Foto: Divulgação (Espaco/Z)

O evento contou com a presença de convidados famosos como Milton Nascimento, Boni, o casal Clarice Falcão e Gregório Duvivier, Bruna Linzmeyer, Cintia Dicker e de integrantes dos grupos Barbatuques e Uakti, que participaram da produção.

"Rio 2" é a continuação do sucesso "Rio" (Idem - 2011), que encantou mais de 70 milhões de espectadores ao redor do globo, arrecadando aproximadamente US$ 486 milhões apenas em bilheteria - sem contar os diversos souvenires que têm sido comercializados desde então.

Para realizar este novo longa, Carlos Saldanha partiu da ideia de que Blu e sua família não eram as únicas ararinhas azuis do planeta e desenvolveu o roteiro, ao lado de Don Rhymer, mostrando como essa nova realidade afetaria a dinâmica da família, que viaja do Rio até a Amazônia para encontrar outros sobreviventes de sua espécie.

"Eu queria um cenário diferente do que já havíamos explorado no primeiro filme. Já tínhamos mostrado o Carnaval (no primeiro filme) e sabíamos que, no Brasil, depois do Carnaval o maior evento é a noite de Ano Novo. Então decidimos iniciar ‘Rio 2’ com todos os nossos pássaros favoritos juntos novamente em um fantástico musical de Ano Novo. É uma ótima maneira de reapresentar os nossos personagens para o respeitável público", disse Saldanha.

"Rio 2" chega aos cinemas brasileiros na próxima quinta-feira, dia 27.

Confira fotos oficiais do filme:

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Assista ao trailer oficial dublado:



12/03/2014 02h10

‘O Espetacular Homem-Aranha 2’: confira fotos e dois novos featurettes
Ana Carolina Garcia

Foto: DivulgaçãoA Sony Pictures divulgou esta semana dois featurettes legendados de "O Espetacular Homem-Aranha 2 - A Ameaça de Electro" (The Amazing Spider-Man 2 - 2014): "Gwen e Peter" e "Tornando-se Peter Parker".

"Gwen e Peter" fala sobre a relação dos personagens e conta com depoimentos de Stan Lee, do diretor Marc Webb, dos produtores Matt Tolmach e Avi Arad, e, obviamente, dos atores Andrew Garfield (Peter Parker / Homem-Aranha) e Emma Stone (Gwen Stacy).

O outro featurette, "Tornando-se Peter Parker", mostra como Garfield se tornou o Homem-Aranha e a importância do personagem para ele, além de conter depoimentos de Tolmach, Arad e dos atores Jamie Foxx (Max Dillon / Electro) e Sally Field (Tia May).

O novo longa mostra Peter tentando proteger Gwen, porém mantendo-se afastado da jovem, conforme prometeu ao pai dela. Ainda apaixonado, Peter precisa encarar a proximidade do baile de formatura e novos inimigos, principalmente Electro.

"O Espetacular Homem-Aranha 2 - A Ameaça de Electro" está previsto para estrear dia 1o de maio.

Confira fotos oficiais do longa:

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Assista aos featurettes:

- "Gwen e Peter":

)

- "Tornando-se Peter Parker": 

)



12/03/2014 01h11

Canal Brasil exibe ‘Mostra Eduardo Coutinho’
Ana Carolina Garcia

O Canal Brasil homenageia o cineasta Eduardo Coutinho com uma programação especial que será exibida a partir do próximo domingo, dia 16. O documentário de estreia da "Mostra Eduardo Coutinho" será "Cabra Marcado Para Morrer" (1984).

Antes da estreia da Mostra, o canal vai exibir uma entrevista inédita de Carlos Alberto Mattos com Zelito Vianna, um dos produtores de "Cabra Marcado Para Morrer", documentário que venceu quatro prêmios internacionais: o Interfilm Award - One World Award e o FIPRESCI Prize no Festival de Berlim; o Cinéma du Réel Award na França; e o Golden Dolphin do Festróia - Tróia International Film Festival em Portugal.

Coutinho era um dos mais conceituados cineastas do país e faleceu no dia 02 de fevereiro deste ano. Pouco antes, ele havia concluído as filmagens do documentário "Palavra", sobre jovens estudantes do terceiro ano do Ensino Médio de escolas públicas do Rio de Janeiro. O longa ainda não tem data de lançamento definida e caberá a João Moreira Salles assumir sua pós-produção.

Confira a programação da "Mostra Eduardo Coutinho":

- "Cabra Marcado para Morrer" (1984):

Domingo: 16/03;

Horário: 19h;

Classificação: 12 Anos.

- "Edifício Master" (2002):

Domingo: 23/03;

Horário: 19h;

Classificação: Livre.

- "Peões" (2004):

Domingo: 30/03;

Horário: 19h;

Classificação: Livre.

- "O Fim e o Princípio" (2005):

Domingo: 6/04;

Horário: 19h;

Classificação: Livre.

- "Jogo de Cena" (2007):

Domingo: 13/04;

Horário: 19h;

Classificação: Livre.

- "Moscou" (2010):

Domingo: 20/04;

Horário: 19h;

Classificação: Livre.

- "Coutinho.Doc - Apartamento 608" (2009):

Domingo: 27/04;

Horário: 19h;

Classificação: Livre.



06/03/2014 01h23

Lupita Nyong’o: A nova sensação de Hollywood
Ana Carolina Garcia

Foto: Divulgação AMPAS (Matt Petit / ©A.M.P.A.S.)De tempos em tempos, Hollywood precisa se reinventar. Se não com produções criativas e de qualidade inquestionáveis, com novos rostos. Se esse novo rosto for talentoso, a indústria obtém a fórmula perfeita para o sucesso e as subsequentes cifras gordas.

Em 2013, uma jovem atriz se transformou em estrela de Hollywood ao sagrar-se vencedora do Oscar. Jennifer Lawrence passou a ocupar o posto que, no passado, pertenceu à Julia Roberts: o de queridinha da América e da indústria cinematográfica.

Talentosa, espontânea e carismática, a atriz da franquia "Jogos Vorazes" (The Hunger Games) e da comédia dramática "O Lado Bom da Vida" (Silver Linnings Playbook - 2012) é um dos nomes mais cobiçados dos últimos anos, mas não o único; pois ganhou uma concorrente à altura e com talento de sobra para desbancá-la em muitas premiações desta temporada, inclusive no Oscar: Lupita Nyong’o.

Foto: Divulgação AMPAS (Michael Yada / ©A.M.P.A.S.)Desde o lançamento de "12 Anos de Escravidão" que Nyong’o vem encantando a todos por sua simplicidade e carisma, estampados num sorriso largo e verdadeiro em todos os eventos relacionados ao filme, bem como nas premiações da temporada.

Sempre vestida de maneira impecável em todos os tapetes vermelhos aos quais passou, Nyong’o se tornou um ícone fashion, assim como Lawrence, tanto que o vestido Prada azul nairóbi que usou na noite do Oscar tem sido invejado e em breve será copiado à exaustão.

Mais do que isso, Lupita Nyong’o arrasou em seu filme de estreia, num papel difícil e repleto de cenas impactantes. A atriz que completou 31 anos na véspera do Oscar, comemorando o aniversário com o troféu do Independent Spirit Awards, soube dosar o drama de sua personagem sem deixá-la exagerada ou piegas, brilhando em cada cena com a destreza de uma veterana.

A merecida vitória no Oscar 2014 na categoria de atriz coadjuvante serviu para colocar seu nome no primeiro time da indústria cinematográfica, confirmando sua posição de atriz sensação de Hollywood. Por isso, hoje se pode dizer que Lupita Nyong’o é tudo o que o showbusiness tanto adora: ícone de beleza e moda e, acima de tudo, uma atriz talentosíssima. Ou seja, é o pacote completo tão sonhado pelos estúdios.

Lupita Nyong’o é a nova sensação de Hollywood e não é exagero algum afirmar que agora seu nome vale ouro.

Leia também:

- ’12 Anos de Escravidão’ vence o Oscar 2014; veja a lista de vencedores

- Especial Oscar 2014: Categoria de melhor atriz coadjuvante


1 Comentários | Clique aqui para comentar

06/03/2014 01h13

Crítica: ‘Walt nos Bastidores de Mary Poppins’
Ana Carolina Garcia

"Mary Poppins" (Idem - 1954) é um dos maiores clássicos dos estúdios Disney e foi o filme responsável por transformar Julie Andrews em uma estrela de Hollywood. Mas até que a adaptação cinematográfica da obra homônima de P.L. Travers se tornasse uma realidade, se passaram quase 20 anos - desde o primeiro contato do estúdio com a autora até a assinatura do contrato. E é essa trajetória que o público vai conhecer ao assistir "Walt nos Bastidores de Mary Poppins" (Saving Mr. Banks - 2013), longa que já conferi e estreia nesta sexta-feira, dia 07.

Foto: Divulgação

O filme deixa claro toda a adoração de Travers (Emma Thompson) por sua obra, especialmente por remetê-la à infância difícil causada pelo alcoolismo do pai. De personalidade forte, Travers teve toda a mordomia possível durante sua estadia em Hollywood para trabalhar em cima do roteiro e, finalmente, acertar os termos do acordo para ceder os direitos a Walt Disney (Tom Hanks). Só que ela resolveu levar todos à loucura com exigências de todos os tipos, entre elas, gravar cada reunião, não utilizar absolutamente nada vermelho nem cenas em animação.

Uma coisa bem interessante neste longa é a maneira como a trajetória da autora é mostrada. Isso se deve ao roteiro bem elaborado e à montagem eficiente, que soube utilizar com bastante perspicácia os recursos de flashbacks, agregando ainda mais valor a "Walt nos Bastidores de Mary Poppins".

Com direção de John Lee Hancock, esta produção tem entre seus maiores atrativos sua direção de arte, caracterização e, principalmente, as belíssimas atuações de Emma Thompson e Tom Hanks, esbanjando carisma, talento e sensibilidade em todas as cenas.

Foto: Divulgação

Obviamente, as atuações desses dois veteranos oscarizados são as que mais chamam a nossa atenção, porém é necessário destacar também Bradley Whitford (Don DaGradi), Paul Giamatti (Ralph), Colin Farrell (Travers Goff) e Annie Rose Buckley (Ginty, Travers na infância). Em seu primeiro filme, Buckley consegue comover a plateia em cenas dramáticas ao lado de Farrell, com quem tem química de sobra em cena.

Apesar do drama mostrado em flashback e da amargura de Travers, "Walt nos Bastidores de Mary Poppins" é um filme comovente, leve e ao mesmo tempo muito divertido. Vale muito a pena assisti-lo! Só não saia da sala de exibição antes dos créditos finais.

Assista ao trailer oficial legendado: